Há post(s) esperando a moderação
Há tópico(s) esperando a moderação

The Surge


Páginas (4): 1 2 3 4 Próximo »
31 respostas neste tópico
 #1
Tópico de discussão


[Imagem: b6eQibC.jpg]



Estou jogando The Surge no Game Pass do Xbox One.

Você começa jogando com um cara paraplégico numa cadeira de rodas que se inscreve para uma vaga de trabalho em uma empresa futurística que fornece Exo Esqueletos para os seus funcionários realizarem tarefas pesadas.

Só que quando vão colocar o seu Exo Esqueleto algo dá errado e o protagonista vai parar direto num ferro velho. Ao menos ele consegue andar novamente, mas para sair do ferro velho e descobrir o motivo de ter ido parar lá precisa combater outros sujeitos aparentemente sem consciência e também com Exo Esqueletos danificados. No decorrer da história você vai encontrando os audio logs e vai revelando toda a história.

A atmosfera sombria e a mecânica de crafting é muito similar a Dead Space, você vai amplificando o Power Core do seu Exo Esqueleto para poder vestir mais partes da armadura e adicionando implantes com capacidade de dar mais vitalidade ou energia.

Tem o controle de estâmina para cada ação e a perda dos itens caso você morra. Você tem uma chance de voltar lá e recuperar tudo, isso se não morrer de novo, igual ao Bloodborne.

Muito game do Game Pass é lixo, mas esse está me surpreendendo.
Responder
 #2
Retiro tudo o que eu disse sobre The Surge. O primeiro boss é a coisa mais ridícula que eu já vi. Eu não me lembro de ter sofrido tanto assim no Bloodborne ou Dark Souls. Pra passar tive que apelar para artimanhas como pausar o jogo acessando o inventário e trocar os itens no meio da luta. A câmera é uma merda, resolveram focar nos pés do boss e você tem que ficar adivinhando quando vai vir o golpe por cima. O boss na verdade é a câmera.



O sistema de crafting/upgrade depende de desmembrar a parte certa dos inimigos no jogo (braço, perna, torax, cabeça) para cair as peças que você precisa do Exo Esqueleto, até aí tudo bem, só que o drop é desbalanceado pois eu já estou com Armas Nv. 4 e ainda com Armaduras Nv. 1 porque não cai as peças de Nv.2/3/4 para eu equilibrar a build. Resultado: glass cannon. Bato forte, morro rápido.

Outra coisa péssima do jogo é a esquiva (muito curta) e o levantar do chão (muito devagar). Quando você cai no chão da tempo do inimigo te encher de paulada e ainda tomar um café até você terminar de levantar.
Responder
 #3
(10/08/2019, 14:47)khronosix Escreveu: Retiro tudo o que eu disse sobre The Surge. O primeiro boss é a coisa mais ridícula que eu já vi. Eu não me lembro de ter sofrido tanto assim no Bloodborne ou Dark Souls. Pra passar tive que apelar para artimanhas como pausar o jogo acessando o inventário e trocar os itens no meio da luta. A câmera é uma merda, resolveram focar nos pés do boss e você tem que ficar adivinhando quando vai vir o golpe por cima. O boss na verdade é a câmera.

Link youtube: http://youtu.be/yWnsb5mb2-M?html5=1

O sistema de crafting/upgrade depende de desmembrar a parte certa dos inimigos no jogo (braço, perna, torax, cabeça) para cair as peças que você precisa do Exo Esqueleto, até aí tudo bem, só que o drop é desbalanceado pois eu já estou com Armas Nv. 4 e ainda com Armaduras Nv. 1 porque não cai as peças de Nv.2/3/4 para eu equilibrar a build. Resultado: glass cannon. Bato forte, morro rápido.

Outra coisa péssima do jogo é a esquiva (muito curta) e o levantar do chão (muito devagar). Quando você cai no chão da tempo do inimigo te encher de paulada e ainda tomar um café até você terminar de levantar.

Eu já ia comentar sobre o jogo. Me disseram que é um Souls futurista, mas pelo visto é algo mais casca grossa (no mau sentido).
Responder
 #4
Estou jogando The Surge e até agora o jogo tá muito Souls, mas não do jeito bom. Os ataque são muito lerdos e parece que meu equipamento nunca melhora meu atributos. Certos inimigos ainda no começo do jogo conseguem me matar só com um golpe.
Responder
 #5
Agora sim tenho equipamento bom, mas por outro lado, não faço ideia pra onde tenho que ir. O jogo devia ter algum tipo de rastreador.
Responder
 #6
(26/12/2019, 21:21)M3troid Escreveu: Agora sim tenho equipamento bom, mas por outro lado, não faço ideia pra onde tenho que ir. O jogo devia ter algum tipo de rastreador.

Por isso é um souls-like.
Responder
 #7
Estou aqui de boas, destruindo uns drones.
Aí vem um fodendo guindaste e me mata só com um golpe.
Volto lá, consigo fugir do puto e me aparece um astronauta(?) que me mata com um só golpe.

Isso é bule contra a minha pessoa. Só quero destruir drones e zumbis mecanizados em paz. É pedir muito?
Responder
 #8
Esse é o M3troid comentando os mangás e jogos sem falar o nome.
Responder
 #9
(18/01/2020, 18:47)Befire Escreveu: Esse é o M3troid comentando os mangás e jogos sem falar o nome.

[Imagem: Bjdkkcg.jpg]
Responder
 #10
Pô, tava jogando o primeiro The Surge e achei bem fera. Bonito, controle fácil no mouse/teclado, sem mapa bem como Dark Souls... mas como tô com a temperatura do processador fodida jogando o jogo deixarei prum outro dia. Fui até o nível 26 (potência de núcleo).

Devo voltar a jogar CS:GO ou Medal of Honor 2012 por enquanto.
Responder
Páginas (4): 1 2 3 4 Próximo »

Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes