Há post(s) esperando a moderação
Há tópico(s) esperando a moderação

Kidou Tenshi Angelic Layer


Páginas (2): 1 2 Próximo »
11 respostas neste tópico
 #1
[Imagem: 53oQIqQ.png]

Ficha técnica:

Título: Kidou Tenshi Angelic Layer
Título alternativo: Sinônimo: Battle Doll Angelic Layer, Angelic Layer | Japonês: 機動天使エンジェリックレイヤー | Abreviatura: AL, KTEL
Formato: Série de TV
Gênero: Ação, Comédia, Vida Escolar
Obra original: Mangá - 5 volumes (Completo em 1/10/2001)
Público-alvo da obra original: Shonen
Editora (Label): Shōnen Ace
Escrito por: Clamp
Site oficial: http://www.bones.co.jp/angelic-layer
Estúdio: Bones
Produtora: Bones, Dentsu, TV Tokyo
Diretor: Nishikiori Hiroshi
Supervisor do script: Ookouchi Ichirou
Character designer: Komori Takahiro
Data de estréia: 01/04/2001
Emissora: TV Tokyo
Número de episódios: 26
Abertura: "Be My Angel" por Enomoto Atsuko
Encerramento 1: "The Starry Sky" por Hal
Encerramento 2: "Ame Agari" por Matsushita Moeko
Maiores informações: [Wikipedia (EN) | Wikipedia (PT) | MyAnimeList | AnimeNewsNetwork | AniDB]
Responder
 #2
Quem viu Kidou Tenshi Angelic Layer completo:
  1. @Aioros
  2. @almarakk
  3. @barafael
  4. @Hugo
  5. @inuivan
  6. @Kyyzao
  7. @llNoNickll
  8. @manju
  9. @Oiacz
  10. @TiagoSG
  11. @Ton
  12. @Zefiris
Responder
 #3
Eu comprei o DVD-box disso anos atrás. E segue abaixo a review que escrevi na década passada:

Uma das qualidades intangíveis da série é o ritmo, do qual dificilmente fara o espectador sentir monotonia; principalmente devido a mudança constante de foco, hora focalizando as cenas de luta, e hora nos personagens carismáticos. As dubladoras Mitsuishi Kotono como Shouko e Shiratori Yuri como Hatoko trazem muita vida e emoção a seus papéis.

Entretanto esta não é uma série isenta de defeitos. Enomoto Atsuko, a voz maravilhosa atrás de Miyazawa Yukino em Karekano , está demasiada estridente e berrante como Misaki. O outro problema é a falta do suspense devido a uma história sem nada que surpreenda ou virada brusca de enredo. Saber como cada episódio terminará remove certamente a tensão inerente em um anime baseado em uma competição.

A trilha sonora é agradável, assim como o enredo. Enquanto que os personagens, especialmente mais a frente da estória, imploram literalmente por sua afeição. E a ação é entre as melhores que já vi numa série de TV.
Responder
 #4
Um anime da Clamp bem TV globinho. Por ter esse ritmo de competição ajuda a manter a atenção mas não tem realmente chamativo falando de modo geral. A história anda de modo bastante previsível mas não chega a ficar desinteressante. E o final é como aparentava que seria durante o decorrer da série.
Responder
 #5
Eu assisti isso porque um colega antigo me disse que prestava, na época ele me fez assistir uma cambada de coisa da CLAMP
Os outros eu não me arrependo de ter visto, mas isso aqui já cheirava mal desde o ep1 HAHA! Foi insuportável ver esse treco
Responder
 #6
De tudo que já vi/li da Clamp acho que esse é o mais fraco mesmo.
Responder
 #7
Esse eu nunca tentei ver, não me lembro nem da OP. Via umas propagandas em revista antiga de anime mas ver anime de luta de bonecas não era meu interesse.
Responder
 #8
Vi uns episódios, mas sempre fico enrolando para terminar de assistir, mesmo não tendo achado ruim no começo.
Responder
 #9
Anime legalzinho, mas meus únicos motivo para ter visto foi o traço decente da CLAMP da época e as Lolis.

Não é um anime que eu recomendaria. (Não hoje)
Responder
 #10
O mangá é bem diferente do anime, até recomendo lerem o mangá em vez de assistir o anime, no papel a historia e os personagens são bem melhores e não tem tanto drama assim
Responder
Páginas (2): 1 2 Próximo »

Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes