Kokoro ga Sakebitagatterunda


Páginas (4): 1 2 3 4 Próximo »
30 respostas neste tópico
 #1
[Imagem: O7glajQ.jpg]

Ficha técnica:

Título: Kokoro ga Sakebitagatterunda.
Título alternativo: Sinônimo: My Heart Wants to Shout | Japonês: 心が叫びたがってるんだ. | Abreviatura: kokosake
Formato: Filme
Gênero: -
Obra original: Obra originalmente escrita para o anime
Público-alvo da obra original: -
Editora (Label): -
Escrito por: -
Site oficial: http://www.kokosake.jp/
Estúdio: A-1 Pictures
Produtora: -
Diretor: Nagai Tatsuyuki
Supervisor do script: Okada Mari
Character Design: Tanaka Masayoshi
Data de estréia: 10/09/2015
Maiores informações: [Wikipedia (EN) | Wikipedia (PT) | MyAnimeList | AnimeNewsNetwork | AniDB]




Filme da Mari Okada dirigido pelo Tatsuyuki Nagai no A-1 Pictures.
Supreendente. Houveram momentos em que eu suspeitei que poderia me decepcionar, mas isso não aconteceu. Sempre que eu temia que algo pudesse tomar um rumo mais comum e traicional e óbvio o filme surpreendia.
Gostei mesmo, muito melhor, mais bem feito e amarrado que qualquer filme da eterna promessa Mamoru Hosada.
Responder
 #2
(02/04/2016, 20:52)PaninoManino Escreveu: Kokoro ga Sakebitagatterunda | The Anthem of the Heart

Spoiler: Imagem  
[Imagem: O7glajQ.jpg]

Filme da Mari Okada dirigido pelo Tatsuyuki Nagai no A-1 Pictures.
Supreendente. Houveram momentos em que eu suspeitei que poderia me decepcionar, mas isso não aconteceu. Sempre que eu temia que algo pudesse tomar um rumo mais comum e traicional e óbvio o filme surpreendia.
Gostei mesmo, muito melhor, mais bem feito e amarrado que qualquer filme da eterna promessa Mamoru Hosada.

Tenho esperado há meses esse filme, já foi disponibilizado em Huerês? ou assistiu dos gringas mesmos?
Responder
 #3
(03/04/2016, 10:17)AlekseyK. Escreveu: Tenho esperado há meses esse filme, já foi disponibilizado em Huerês? ou assistiu dos gringas mesmos?

Faz anos que nem procuro as coisas em português, é mais conveninete digitar "ny + nome do anime" na barra de endereços e baixar o que quero.
Não comentei muito do filme porque saíu a poucos dias e pouca gente asssitiu, mas tem um e outro detalhe que eu gostaria de comentar. Comentar aqui, porque fiquei decepcionadíssimo com as opiniões juvenis no fórum do MAL. Justamente tudo que faz o filme ser bom é o que estão reclamando dele por aí, reclamando por ele não ter seguido as rotas padrão e óbvias de todo filme e historinha de amor adolescente.
Enfim, quando as pessoas por aqui assistirem podemos conversar mais.
Responder
 #4
Terminei o Kokoro ga Sakebitagatterunda e meh. O filme é excelente, fora o final que eu acheio meio lixo. Senti nojinho do protag ter preferido a descolada que quando foi a hora do pau, deixou ele para lá. Pelo menos, a fofinha ficou com o bonitão do beisebol.
Responder
 #5
(02/05/2016, 05:11)Lonely Escreveu: Terminei o Kokoro ga Sakebitagatterunda e meh. O filme é excelente, fora o final que eu acheio meio lixo. Senti nojinho do protag ter preferido a descolada que quando foi a hora do pau, deixou ele para lá. Pelo menos, a fofinha ficou com o bonitão do beisebol.

 Isso que não entendo, o filme é muito sobre falta de comunicação e como esse problema afasta as pessoas. O protagonista passa o filme todo dizendo para a "Noe" que ele se arrepende de não ter conversado com a outra garota e que ainda tem coisas para dizer, se ainda dá para conversar... Ele estava se inspirando no esforço da "Noe" em se comunicar para poder uma hora ir falar com a outra é no final é isso que acontece.
Responder
 #6
(02/05/2016, 12:33)PaninoManino Escreveu:  Isso que não entendo, o filme é muito sobre falta de comunicação e como esse problema afasta as pessoas. O protagonista passa o filme todo dizendo para a "Noe" que ele se arrepende de não ter conversado com a outra garota e que ainda tem coisas para dizer, se ainda dá para conversar... Ele estava se inspirando no esforço da "Noe" em se comunicar para poder uma hora ir falar com a outra é no final é isso que acontece.

Acho que o filme é uma resposta para a pergunta: existe bobo apaixonado?

R: Sim, existe.
Responder
 #7
(02/05/2016, 05:11)Lonely Escreveu: Terminei o Kokoro ga Sakebitagatterunda e meh. O filme é excelente, fora o final que eu acheio meio lixo. Senti nojinho do protag ter preferido a descolada que quando foi a hora do pau, deixou ele para lá. Pelo menos, a fofinha ficou com o bonitão do beisebol.

Eu achei o romance em si vazio. Ela simplesmente confunde o protag ter ajudado ela a se abrir e se expressar como amor, foi uma infatuation. Sobre ele preferir, é natural, era quem ele queria desde o início, nunca correspondeu a Jun mesmo. 

Eu achei a ideia do filme legal, mas eu achei esse casal; o protag e a menina cheerleader pouco desenvolvidos demais. O protag é parecido com a protagonista simplesmente porque tem que ser para ajudá-la, não falam e não exploram muito ele.
Responder
 #8
(11/05/2016, 01:19)Kiyomin Escreveu: Eu achei o romance em si vazio. Ela simplesmente confunde o protag ter ajudado ela a se abrir e se expressar como amor, foi uma infatuação. 

Ela é uma adolescente, pensar isso na idade dela é normal. Principalmente para quem é tímido. Já aconteceu comigo e com gente que eu conheço que também era mais tímido nessa época.

(11/05/2016, 01:19)Kiyomin Escreveu: Sobre ele preferir, é natural, era quem ele queria desde o início, nunca correspondeu a Jun mesmo. 

Eu achei a ideia do filme legal, mas eu achei esse casal; o protag e a menina cheerleader pouco desenvolvidos demais. O protag é parecido com a protagonista simplesmente porque tem que ser para ajudá-la, não falam e não exploram muito ele.

É, mas isso é invísivel durante o filme... e para mim ficou muito dúbio. Agora, que já faz alguns dias que eu assisti, eu não tenho certeza, mas as reações dele eram meio... inconclusivas, que eu me lembre. A paixão pela descolada foi algo muito pouco (nada) citado até que foi mostado ele falando. Eu achava que os dois iam terminar no final (ele e a protag fofinha).

Também acho o casal mal desenvolvido.
Responder
 #9
(11/05/2016, 01:25)Lonely Escreveu: Ela é uma adolescente, pensar isso na idade dela é normal. Principalmente para quem é tímido. Já aconteceu comigo e com gente que eu conheço que também era mais tímido nessa época.


É, mas isso é invísivel durante o filme... e para mim ficou muito dúbio. Agora, que já faz alguns dias, eu não tenho certeza, mas as reações dele eram meio... inconclusivas. A paixão pela descolada foi algo muito pouco citado até que foi mostado ele falando. Eu achava que os dois iam terminar no final.

Também acho o casal mal desenvolvido.

Ah, isso é verdade. Eu só não consegui curtir mesmo porque o romance foi bobinho para mim.

-

Então, é o que eu achei, o protagonista quase não foi explorado. Ele simplesmente tinha a mesma situação familiar para consolar a menina e fazer ela se abrir. Mas, talvez esteja errada, eu não vi ele manifestar interesse amoroso por ela nenhuma vez, teve algumas partes que ela mais parecia uma irmã mais nova que ele do que qualquer outra coisa. Sobre o romance com a cheerleader, só ficamos sabendo como foi através de poucas menções. E a linha que veio a minha cabeça foi Namoramos -> Tive problemas e ela me deixou de lado -> Ah, ela se expressou mal, tá de boa.
Responder
 #10
(11/05/2016, 01:35)Kiyomin Escreveu: Então, é o que eu achei, o protagonista quase não foi explorado. Ele simplesmente tinha a mesma situação familiar para consolar a menina e fazer ela se abrir. Mas, talvez esteja errada, eu não vi ele manifestar interesse amoroso por ela nenhuma vez, teve algumas partes que ela mais parecia uma irmã mais nova que ele do que qualquer outra coisa. Sobre o romance com a cheerleader, só ficamos sabendo como foi através de poucas menções. E a linha que veio a minha cabeça foi Namoramos -> Tive problemas e ela me deixou de lado -> Ah, ela se expressou mal, tá de boa.

Eu acho que o personagem foi explorado, só que ele era mongo mesmo. Não senti falta de ter que saber algo mais sobre ele - o mesmo que senti com a garota. Que eu me lembre não tem nenhuma menção amorosa explicita, mas durante o filme, você vai acreditando que ele gosta dela. É toda uma construção na relação dos dois no qual você começa acreditar que vai sair algo dali.

Sim, muuuitas poucos menções, se a minha memória estiver boa. Você tem ela falando com o cara do beisebol sobre ele, o cara do beisebol falando para o protag que ele tá namorando com ela... e depois os dois conversando sobre o que rolou e se descobre que ele é apaixonado por ela.
Responder
Páginas (4): 1 2 3 4 Próximo »

Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes