Há post(s) esperando a moderação
Há tópico(s) esperando a moderação

Tonari no Kaibutsu-kun


Tópico em '2012 ~ 2013' criado por Oiacz em 27/12/2016, 22:13.
Páginas (4): « Anterior 1 2 3 4 Próximo »
38 respostas neste tópico
 #21
Esse anime aí é ?????

A dona é boa, mas o cara e o resto são meio estranhos.
Responder
 #22
Basicamente um shoujo padrão q no final dar reset na relação da galera. Perca de tempo, vão procurar outra coisa pra fazer.
Responder
 #23
Anime com momentos divertidos, outros que dão sono de tão entediante. 
As piadas do Haru se repetem tanto longo da obra perde completamente a graça.
Responder
 #24
(27/12/2016, 23:10)rapier Escreveu: Eu achava que isso já tinha tópico aqui.
Ia comentar exatamente isso, depois vi a data de estréia. Esse anime parece muito mais recente do que realmente é.
Lembro que na época achei divertido, mas nada de mais. Não tem uma história impactante, então não lembro dos detalhes, só que a relação entre os dois era a base de tapas e pseudo-bitocas. Eu gostava do Haru, ele era diferente dos personagens habituais.
Responder
 #25
Vale a pena assistir pela comédia, mas era irritante aquele romancezinho indo e voltando o tempo todo, mina indecisa demais, às vezes tá apaixonada, às vezes tá fazendo doce.
Responder
 #26
o anime é divertido mesmo sendo sem fim.

O cara só aguenta ela pq é avoado mesmo rsrs
Responder
 #27
Eu ri assistindo isso, admito.
Eu não gostava da personagem principal, mas o carinha lá tinha uma galinha e eu achava engraçado.

Tem mil anos que eu vi isso.
Não assistiria denovo.
Nami curtiu este post.
Responder
 #28
Concordo com a @"junobouken" , com a diferença que eu gostava da MC.

Lembro que me surpreendeu por ser um anime shoujo escolar que mostrou uma cena de beijo, e bem no começo ainda
Icon_lol

Ri bastante com isso e gostava bastante dos personagens. Um shoujo escolar comum, porém engraçado e com personagens carismáticos, eu definiria assim.
Responder
 #29
Anime mediano um pouco engraçado, protagonista full disneyland deu mais porrada na mc do que carinho, gostei mais da Asako!!
Responder
 #30
Coincidência terem upado esse tópico, algum motivo para falarem do anime?
Só vim deixar mais um dos meus textos, não se incomodem e nem precisam ler.


Havia parado de assistir no episódio 3, e o que eu lembrava da série é que tinha me incomodado bastante com o protagonista masculino. O primeiro episódio me causou uma grande má impressão dele e os dois seguintes deixaram a sensação de que isso não iria mudar e ele iria piorar.
Agora deu vontade de reassisti  a série completa. O que me incomodou naqueles três primeiros episódios me incomodou tanto quanto na primeira vez, e realmente se confirmou a sensação de que o personagem não mudaria e continuaria me incomodando.

Eu gosto bastante dessa série, gosto bastante dos personagens dessa série, só que alguns detalhes nas personalidades e relacionamentos desse romance me causam uma sensação de tragédia iminente.
O protagonista masculino, Haru, claramente tem problemas graves e que parecem não ter solução. É como ele é, é mostrado por flashbacks que ele sempre teve aquela personalidade, impulsividade e violência. Nada ao longo da série faz entender que ele possa mudar, por mais que suavize um pouco com o tempo ele ainda é impulsivo e violento, um grande perigo em um relacionamento amoroso para alguém que também é ciumento e possessivo.
E não apenas isso, a protagonista feminina, a Shizuku, também tem seus problemas. Ela percebe que ser sozinha não a agrada, ao passar a interagir com o Haru e outras pessoas da escola dela ela percebe que pode se sentir solitária e se incomoda com isso. Ela acaba ficando tão dependente do Haru quanto ele fica dela, o que faz ela tolerar seus problemas. E isso leva a uma situação bem complicada, se ela mudar e superar essa dependência dele ela continuará tolerando-o? Me parece difícil de acreditar que ela continuaria com ele por outro motivo além de pena nesse caso, porque ela superando ou não essa dependência me parece certo que um relacionamento sério com ele fatalmente levará a violência doméstica. Ela revidando ou não faz pouca diferença, o qual seria mais perigoso para ela? Porque a série mostrou que o Haru é capaz de matar outras pessoas sem pensar muito por causa dela. O que aconteceria primeiro? Ele ser preso por matar alguém (pelo menos ferir gravemente), ou ser preso por matar a própria Shizuku (pelo menos ferimento grave)?
Imagino que se a Shizuku se livrasse da dependência dele e não se submetesse ao ciúme descontrolado dele e não evitasse contato com outras pessoas, então o Haru poderia atacar algum amigo dela(deles). Se ela não superar essa dependência dele então provavelmente teria uma vida bem infeliz, submissa, vivendo com medo e evitando contato com outras pessoas, sofrendo uma constante violência psicológica e e física frequente. E quando tentasse reagir essa violência poderia se intensificar e acabar muito, muito mal. Em qualquer dos dois casos isso é possível pela "loucura" do Haru ter sido normalizada na própria série. Com o tempo as pessoas se acostumam, o Haru continua fazendo suas loucuras sem aprender e melhorar e os outros personagens param de estranhar, ele até continua a ferir fisicamente a Shizuku e ela não se incomoda mais.
Não acredito que seja eu que esteja exagerando, e acredito também que existe mais uma possibilidade futura, que seria a Shizuku reagir a algum surto do Haru e ela acabar matando é ele para se defender. Pode até ser que eu esteja exagerando ao falar em matar, mas é uma possibilidade, e não seria muito pior do que se alguém fosse ferido com gravidade.

O anime termina totalmente em aberto sem nenhuma vergonha, o último episódio é como se fosse um filler ruim. Pelo que vi parece que o anime acabou antes da metade do mangá. Se ele fosse só sobre a Shizuku e o Haru eu já teria ido ler, já queria ir ler antes da metade do anime, mas imagino que muitas páginas são dedicadas aos outros personagens então ainda preciso criar um pouco de coragem e paciência para ir ler. Além disso, o mangá também não deve ir muito longe no futuro, não é como se eu fosse ver como seria a vida de casal pós colégio deles para confirmar ou não minhas suspeitas.


De todo modo, esse anime não é tão "ruim" quanto outros onde o objetivo parece ser fetichizar um relacionamento abusivo. Não é tão ruim quanto outros animes e mangás, mesmo assim parece ser esse viés em momentos como quando a Natsume é culpada pelo Sasayan por algo que os outros fazem com ela.
Esse anime/mangá é um shoujo, é diferente de romance em um shounen com personagem masculino imbecil, os personagens percebem o interesse de outros neles e pensam sobre isso, por mais que tenha indas e vidas pelo menos existe essa reflexão do que um quer do outro e o que podem ganhar com um relacionamento. Por isso mesmo que parei para pensar um pouco sobre o que a série mostrou e é difícil de não reparar e comentar sobre esses detalhes.

Tem outras coisas que eu queria ver mais sobre essa história, como a família da Shizuku, mas esperar ver família em mangá japonês...
Responder
Páginas (4): « Anterior 1 2 3 4 Próximo »

Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes